Escolha sua rádio favorita
Rádio on-line!
MANHÃ DEMAIS
Lino Inácio
Vidal Ramos tem eleições suplementares para prefeito neste domingo.
Geral | 23/10/2018 06:53 | g1 | Fotos:

O município de Vidal Ramos, no Vale do Itajaí, terá eleições suplementares para prefeito neste domingo (28), junto com o pleito do segundo turno para presidente e governador. Na cidade, 5.156 eleitores precisarão escolher entre duas chapas.

Dessa forma, a ordem de votação em Vidal Ramos será: governador, presidente e prefeito. Concorrem ao cargo Helmut Stoltenberg (PP), com Nego Souza (MDB) como vice-prefeito, e Nabor Schmitz (PSD), com Ambrosio Rubick (PSD) como vice-prefeito.

As eleições suplementares ocorrem porque o prefeito anterior, Laércio da Cruz (MDB), e seu vice, Helmut Stoltenberg, tiveram os registros de candidatura cassados. A Justiça Eleitoral decidiu pela inegibilidade de Laércio, mas não de Helmut. Por essa razão, ele pode concorrer nas eleições.

O G1 procurou a defesa dos dois políticos, que não quis comentar o caso.

Atualmente, o prefeito de Vidal Ramos é Vânio Cesar Petri (PP). Ele, que era presidente da Câmara de Vereadores, assumiu o cargo em 26 de junho deste ano.

Cassações

Laércio e Helmut foram reeleitos prefeito e vice-prefeito nas eleições de 2016. Porém, foram condenados em primeira instância na Justiça Eleitoral por terem extrapolado, no primeiro semestre do ano da eleição, os gastos relativos à publicidade institucional. Foi determinada também a cassação dos registros de candidatura e inelegibilidade pelo período de oito anos, por abuso de poder político e econômico.

Em recurso em segunda instância, os juízes do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) decidiram, por maioria, afastar a inelegibilidade do vice-prefeito, mas mantiveram cassados os registros de candidatura dos dois e declararam inelegível o prefeito eleito.

Depois, Laércio e Helmut entraram com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deu mandado de segurança para que eles assumissem os cargos até o julgamento e publicação dos embargos de declaração no TRE-SC.

Os embargos foram rejeitados e os dois pediram a prorrogação da liminar que mantinha os dois nos cargos de prefeito e vice, o que foi negado pelo TSE. Então, o TRE-SC determinou novas eleições, o que foi autorizado pelo TSE.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Publicidade
Rua Curt Hering, 665 - Sala 103 - Centro - Presidente Getúlio - CEP: 89150-000 - 3352-0505 - Fone/Fax: 3352-0505 - E-mail: comercial@radio1079.fm.br
Rádio 107.9 FM, Todos os Direitos Reservados.